Rio de Janeiro nos anos 30: Avenida Rio Branco

Em destaque o já demolido prédio do Jornal do Brasil (no número 110 da Avenida Rio Branco, onde hoje se localiza o Edifício Conde Pereira Carneiro) e ao fundo o edifício do Jornal A Noite (ainda de pé na Praça Mauá e abrigando hoje o INPI).

O prédio do JB era o mais alto da América Latina na época de sua inauguração e o jornal funcionou nesse endereço até 1974.

O prédio do jornal A Noite é considerado o primeiro “arranha céu” do Rio, com seus 102 metros de altura. Lá funcionou (e ainda funciona) a mítica Rádio Nacional. Foi o prédio mais alto da América Latina entre 1928 e 1934, quando se concluiu o Martinelli em São Paulo com 105 metros. Em 1936 ambos foram superados pelo Kavanagh em Buenos Aires (120 metros).

Anúncios

Uma resposta

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s